Saiba porque a ureia é um ativo importante na hidratação da pele

O universo dos cosméticos é enorme e continua crescendo a cada dia. Cada vez mais pode-se encontrar produtos, que são desenvolvidos com a finalidade de atender uma necessidade bem específica. Este é o caso dos hidratantes com ureia em sua formulação.

Não é raro encontrarmos profissionais de podologia ou manicures utilizando hidratantes genéricos em seus procedimentos, pois são mais baratos. No entanto, às vezes o barato sai caro, pois são produtos que, em sua maioria, vão apenas maquiar superficialmente os problemas ao invés de ajudar a resolvê-los de fato.

Outro mito que devemos estar atentos é o de que os cosméticos naturais são melhores ou mais seguros que os cosméticos tradicionais. Porém, muitos cosméticos naturais não atendem a alguns princípios básicos. Por exemplo, o ingrediente ativo deve penetrar na pele e não só ficar na superfície. Após ser absorvido, ele necessita atingir um alvo na célula ou no tecido para desempenhar sua função. E muitos cosméticos naturais acabam agindo apenas na superfície.

Você sabia que para um hidratante ser realmente eficaz, ele precisa conter pelo menos um pouquinho de ureia em sua formulação? Pois é, os hidratantes que não contém esse ingrediente só hidratam a pele superficialmente, sem penetrar nas camadas mais profundas, ou seja, a hidratação dura menos.

A ureia tem como uma de suas características, a vantagem de ajudar na quebra das células mortas da pele diminuindo a espessura dessa camada e em seguida penetra na camada mais profunda da pele e se liga às moléculas de água para manter uma hidratação ativa por um período mais prolongado.

Por isso, os cremes hidratantes com ureia em sua formulação são importantes para o cuidado dos pés e calcanhares rachados. Ao hidratar, a ureia também estimula a produção de colágeno, evita as fissuras decorrentes do ressecamento e melhora a aparência da pele.

Segundo a ANVISA (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária), o uso de produtos em concentrações de ureia acima de 3% deve ser evitado por gestantes, assim como em peles com irritações ou áreas próximas aos olhos.

Respeitando estas observações, os hidratantes com ureia são totalmente seguros e indicados por dermatologistas, tendo em vista sua eficiência no tratamento da pele ressecada. Em produtos com concentrações entre 3% e 10%, a ureia tem ação hidratante e antibacteriana, sendo a base do tratamento de várias condições dermatológicas nas quais o ressecamento da pele é fator desencadeante.

A Pro Unha possui uma linha de cosméticos desenvolvidos especificamente para profissionais de estética e podologia, com produtos específicos para o tratamento de micose, unhas fracas e hiper-ressecamento.

O KeraDerm, por exemplo, é creme indicado para o tratamento de calcanhares espessos e fissurados e para as regiões dos cotovelos, pois proporciona uma hidratação profunda da pele e contém em sua formulação ureia e manteiga de cupuaçu.

Outro produto recomendado para manutenção de calcanhares ressecados é o creme Pro Paste que também contém ureia e óleos hidratantes que penetram na pele garantindo uma hidratação mais duradoura.

Cuidado com os cremes que dizem que servem para tudo, pois normalmente agem apenas na superfície e seus efeitos não costumam durar. Sua pele merece ser cuidada com todo carinho.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *