Por que suas unhas podem descamar?

O aspecto deixa a desejar, porém, mais do que uma questão estética, as unhas descamadas podem indicar que a saúde não vai nada bem. O quadro indica desde a falta de nutrientes importantes para o organismo até doenças renais, hepáticas e alterações hormonais. As unhas podem descamar em qualquer fase da vida e, portanto, é preciso estar sempre alerta ao sintoma.

Unhas podem descamar por fatores internos e externos

A má alimentação é um dos principais fatores para a descamação das unhas. Ocorre quando há falta de substâncias fundamentais para a produção da queratina – principal componente da unha – como o cálcio, iodo e a vitamina A. Portanto, a dica é inserir alimentos que contenham essas substâncias em sua composição. Entre eles estão os cereais integrais, as carnes magras como o peixe, frutas, verduras, leite e a gema do ovo.

Outro fator interno que ocasiona a descamação das unhas é a desregulação dos hormônios, entre outras doenças como já foi abordado anteriormente. Por isso é tão importante ficar de olho em qualquer alteração nas unhas.

Além de ser sintoma de doenças, as unhas podem descamar por conta de alguns hábitos, praticados principalmente pelas mulheres. Os mais comuns são o uso de acetona para retirar o esmalte e as unhas postiças. Isso porque esses produtos são mais agressivos, por conter componentes nocivos à saúde das unhas e mãos. A utilização excessiva da lixa de unha, a falta de hidratação e o uso de esmaltes de má qualidade também colaboram para a quebra e descamação das unhas. Além do uso de produtos de limpeza sem o auxílio de luvas.

Como tratar da descamação das unhas

As unhas podem descamar por uma série de fatores e, por isso, o tratamento também vai variar. No caso de doenças, é preciso seguir as indicações médicas, com uso de medicamentos e etc. Também vale perguntar se outras medidas podem ser tomadas em paralelo. Entre as outras possibilidades de tratamento das unhas descamadas, estão o uso de produtos específicos para hidratar fortalecer, restaurar e melhorar o aspecto ressecado.

A escolha do esmalte na hora de fazer as unhas também faz diferença. Hoje, o mercado conta com versões específicas para quem sofre com a descamação. Fique atenta a data de validade dos esmaltes. O cuidado na hora de lixar e cortar as unhas também fará diferença e permitirá que elas fiquem mais fortes e bonitas por mais tempo.

Cuidado com as dicas caseiras

Algumas receitas caseiras podem realmente contribuir para a beleza das unhas, mas nem sempre são eficientes no quesito saúde. Uma dica bastante comum é o uso de óleos, como o azeite para diminuir o ressecamento.

Há quem ensine receitinhas caseiras, mas elas podem ser prejudiciais. Portanto prefira sempre seguir as recomendações médicas e produtos clinicamente testados.

As unhas podem descamar por uma série de motivos como foi possível conferir em nosso texto. Além de identificar a causa é importante tomar alguns cuidados como manter a hidratação em dia e evitar o uso de produtos mais agressivos como a acetona.

O que achou do nosso artigo? Se você achou interessante e tem outras ideias de tema, deixe aqui no blog da Pro Unha a sua sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *