Fungos nas unhas? Saiba o que fazer!

O aparecimento de fungos nas unhas dos pés e das mãos é algo muito comum e que pode ser diagnosticado com rapidez. Para isso, é preciso ficar de olho nas mudanças nessa região. O primeiro indício de fungos nas unhas é o aparecimento dos pontos brancos ou amarelados sob as unhas afetadas que, com o tempo, podem se intensificar, levando a infecções mais sérias.

Unhas irregulares, escuras, opacas e que descamam com facilidade pó debaixo da unha ou uma maceração também podem estar sofrendo com fungos. A melhor forma de prevenir e tratar esse problema é se atentando a higiene e evitando a exposição das unhas dos pés e das mãos em locais ou situações que possam favorecer a infecção, como em ambientes quentes e úmidos, principalmente balneários e praias.

Em todos os casos, existem tratamentos que, na maioria das vezes, são longos e contínuos. Se você está sofrendo com fungos nas unhas, saiba o que fazer a partir das dicas que listamos para te ajudar!


Identifique o problema

Como abordado anteriormente, as unhas afetadas pelos fungos passam por transformações que ajudam a pessoa a identificar que algo errado está acontecendo nessa região. É importante sempre olhar as unhas, principalmente as dos pés, que não ficam tão visíveis quanto às unhas das mãos.

Ao perceber manchas, mudanças na textura ou, em alguns casos mais avançados, dor e inflamação nas unhas e tecidos que as cercam, é importante confirmar o diagnóstico de contaminação por fungos com um dermatologista.

Tratamento para fungos nas unhas

O tratamento de fungos nas unhas exige dedicação e paciência de quem sofre com o problema. Pelo fato das unhas crescerem Pro Unha Tea Tree Cream estimula o crescimento das unhas lentamente e receberem pouco suprimento de sangue, o tratamento torna-se longo. Caso a infecção por fungos seja na unha da mão, o tratamento pode levar cerca de seis meses. Já o tratamento das unhas dos pés pode chegar a um ano, devido ao seu crescimento mais lento.

Uma das formas mais efetivas para eliminar os fungos das unhas são os medicamentos antifúngicos orais, que devem ser prescritos por médicos especialistas. Outra opção é o tratamento utilizando loções, cremes e esmaltes antifúngicos.

Dentre as alternativas naturais de tratamento de fungos nas unhas, o óleo essencial de melaleuca (Tea Tree Oil) se destaca por ser um agente antibacteriano e antifúngico, que age também como estimulador nas defesas do organismo. Seu uso também oferece resultados excelentes para aliviar problemas de frieiras, micoses de unha e ferimentos desde que sempre acompanhado antecipadamente por um óleo vegetal, como por exemplo, o óleo vegetal de copaíba da Pro Unha.

Mais dicas para tratar e evitar os fungos nas unhas:

● Não roa as unhas;
● Mantenha as unhas cortadas e lixadas;
● Lave e seque bem as unhas após o banho;
● Utilize calçados que deixem os pés ventilados;
● Prefira as meias de algodão;
● Não compartilhe lixas e alicates de unha;
● Não fique descalço em locais públicos.

Evite situações que você possa pegar fungos nas unhas

Alguns locais são mais propícios para a infecção das unhas por fungos. Piscinas e praias são os ambientes preferidos para que os milhares de fungos existentes se proliferem, por isso, é importante utilizar chinelos ao caminhar na areia, ao usar os lava pés e também nas áreas externas das piscinas.

Outro local que é preciso ficar atento para não pegar fungos nas unhas é no salão de beleza. Certificar se de que as lixas são descartáveis e que o alicate foi devidamente esterilizado em autoclave, ajuda a diminuir o risco de contaminação por fungos ao fazer as unhas na manicure e pedicure ou podólogo.

Ter unhas bonitas e saudáveis é essencial para o bem-estar das pessoas, por isso, cuidar dos fungos nas unhas é muito importante. Para saber mais sobre cuidados com as unhas e com a pele, continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *