Conteúdo para Profissionais: Você sabe o que é ‘SUF’?

A lâmina ungueal é composta por aproximadamente 10% de água, mas é muito pobre em lipídios, tornando-se vulnerável à desidratação.

‘SUF’ é a Síndrome das Unhas Frágeis – uma alteração inespecífica que se caracteriza pela diminuição da resistência ungueal. Sua predominância é de até 20% da população, no sexo feminino, e manifesta-se pelos sinais de descamação da borda livre e espessura da lâmina ungueal.

Não há uma comprovação cientifica até momento de suas causas, mas acredita-se que tenha origem tanto vascular como traumática.

Existem relatos de dores, e dificuldades nas habilidades manuais, porém, para a maioria das mulheres a questão estética é a que traz mais dificuldades.

Alguns fatores são determinantes para começar a SUF, como:

Digitação;

Manipulação de detergentes e afins;

Esmaltes com formol;

Solventes, como a acetona;

Ansiedade (associada ao ato de bater as pontas das unhas em estrutura rígida);

Deficiência nutricional, vitamínica ou anemia;

Hipotireoidismo e o hipertireoidismo;

Diabetes;

Gravidez;

Deficiências circulatórias.

Estes fatores podem levar a uma redução de oxigenação das unhas ou sua queratinização.

O fator mais frequentemente ignorado é o uso abusivo da acetona, capaz de promover um ressecamento excessivo das unhas, desidratando-as e acarretando ao aparecimento da ‘SUF’.

Idosos também são muito susceptíveis ao ‘SUF’, pois tem uma maior fragilidade e menos porcentagem de lipídios.

A ‘SUF’ entristece muitas mulheres, ao verem suas unhas quebradiças, fracas ou “lascadas”, além da dificuldade do seu crescimento, levando-as a recorrer às unhas artificiais, sejam elas coladas, ou trabalhadas com acrílicos ou fibras de vidro, que por consequência carregam uma porção química considerável, promovendo uma desidratação ainda maior.

Utilize produtos com ativos específicos para unhas, para que possam ser nutridas, hidratadas, além de crescerem naturalmente fortes e saudáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *