Conteúdo para profissionais: OUTONO TAMBÉM É HORA DE CUIDAR DA PELE

O verão já foi embora, e com ele os dias de sol e calor intensos. Mas, assim como a estação mais quente do ano, o outono e o inverno também exigem cuidados especiais com a pele. Afinal, as mudanças repentinas de temperatura, o clima seco e o vento também agridem – e muito! – o maior órgão do corpo humano.

“Nesta época, a umidade relativa do ar está mais baixa, fazendo com que o clima fique mais seco. Quando a temperatura cai, as pessoas também tendem a abusar dos banhos quentes, e isso remove a oleosidade natural da pele, o que pode causar ressecamento, descamação e coceira, além de deixar a pele com uma coloração esbranquiçada”, explica Dr. Julio Cesar Empinotti, coordenador da Campanha pela Saúde da Pele e Diretor da SBCD.

E qual a solução para encarar o clima frio? Em primeiro lugar, caprichar na hidratação. Aplicar um bom hidratante corporal pelo menos duas vezes ao dia. “Produtos à base de ureia, ácido lático, acido hialurônico, óleos vegetais, vitaminas e antioxidantes são boas opções”, esclarece o médico.

Cada tipo de pele tem necessidades de hidratação diferentes. “As peles mais secas geneticamente, têm dificuldade de produzir e manter o manto de hidratação natural, podendo inclusive ter problemas mais sérios, como a ictiose e a dermatite atópica. Nestes casos a hidratação precisa ser constante e com produtos bem específicos. Para os demais tipos de pele, em geral, um bom hidratante à base de ureia é suficiente”, diz o dermatologista.

É importante lembrar que não basta hidratar por fora. Para ter uma linda, é preciso ingerir, pelo menos, dois litros de água todos os dias.

Se quiser saber mais sobre resultados e discussões, acesse o artigo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *